Sem revelar segredos, CIA usa história e humor para mostrar serviço nas redes

0
37

Apesar do sigilo óbvio que cerca a Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA), o serviço de espionagem mais famoso do mundo ampliou a presença nas redes sociais, uma missão complexa que a equipe de comunicação do órgão tem cumprido com êxito ao misturar lições de história e humor.

“Uma das dificuldades é que não podemos falar de assuntos atuais. Não vamos comentar, claro, uma operação em andamento. Portanto, chegamos à conclusão que falar de fatos históricos nos permite abordar qual é a nossa missão”, afirmou responsável pelas redes sociais da CIA, que preferiu se identificar apenas como Amanda.

Lançamento