Número de vítimas das drogas aumenta e mercado não para de crescer, diz ONU

0
11

Enquanto o consumo de drogas causa mais mortes do que nunca, o mercado (ilegal) bate recordes. Essas são as duas principais conclusões do novo Relatório Mundial sobre Drogas da Organização das Nações Unidas (ONU), apresentado nesta terça-feira em Viena (Áustria), documento que mostra um panorama mais obscuro e cada vez mais complexo.

A ONU elevou a sua estimativa de mortes vinculadas ao consumo de drogas no mundo para 585 mil em 2017, acima dos 450 mil óbitos que ocorreram em 2015. Essa alta se deve a uma melhor compreensão da situação global graças a novos dados, como os de Índia e Nigéria.

Lançamento