EXCLUSIVO: Eleições na Colômbia vão para o segundo turno

4
139
As eleições mais importantes do nosso continente ocorreram hoje, na Colômbia, que elegia um novo presidente. Desejávamos todos, colombianos e eu, que a contenda fosse resolvida no primeiro turno mas apesar de não ter havido fraudes do tipo das venezuelanas, Santos, acolitado pela imprensa, tentou de todas as formas até impedir a candidatura de Oscar Iván Zuluaga do Centro Democrático, partido fundado pelo atual senador e ex-presidente Uribe.
Faltando uma semana para as eleições, a revista Semana, de propriedade da família Santos, armou uma montagem fraudulenta de um vídeo onde aparece o candidato Zuluaga “tramando” um golpe de Estado contra Santos, conforme denunciei na edição anterior a essa. Experts de várias empresas fizeram a perícia e apontaram entre 17 e 30 edições, o que caracterizava o crime. O advogado de Zuluaga, Dr Jaime Granados, fez uma denúncia no Ministério Público com essas provas, porém, para espanto de todos tal ministério não analisou o vídeo fraudado mas o original, afirmando no final que “o vídeo é autêntico”. E foi assim, com essa espada de Damocles sobre a cabeça que Zuluaga partiu para enfrentar os eleitores.
Enquanto escrevo essa nota ouço o pronunciamento da candidata Marta Lucía Ramírez, que concorreu sem apoio do seu partido, foi boicotada pelos meios de comunicação e não contou com grandes recursos financeiros mas conseguiu um honroso terceiro lugar. A rádio transmitia seu discurso quando Santos resolveu fazer o seu também, uma vez que com 99,84% dos votos escrutinados em todo o país já se sabia que haverá segundo turno, e esta foi grosseiramente interrompida para que o atual presidente falasse. Ainda não tenho esse vídeo mas tão logo ele seja divulgado, publicarei.
Então, o resultado ficou assim, conforme se vê neste link, demonstrando o total geral do país. Ficou evidente que a maioria dos colombianos não querem a re-eleição. Por outro lado, os responsáveis pela campanha de Santos falsificaram as contas de Twitter de Uribe e Zuluaga, e hoje de manhã bem cedo lia-se na falsa conta de Zuluaga um apelo aos colombianos para que votassem em branco onde se lia: “Hoje os colombianos celebramos a democracia, exercendo nosso direito ao voto por #UnaColombiaDistinta #VotoEnBlanco”. Essa disparidade fez com que os eleitores fossem confundidos o que levou a um percentual de 60% de abstenções.
Essa foi, como disse Dr. Fernando Londoño, a quarta vitória de Uribe (duas dos seus mandatos como presidente, uma como senador e agora com Zuluaga), pois com pouco tempo de campanha, lutando contra todo tipo de patifarias, fraudes, enquanto Santos utilizava a máquina estatal para fazer todo tipo de chantagens, pagamento de “bônus” que os colombianos chamam de “mermelada” para comprar votos, chegou a esse resultado magnífico de 29,26% contra 25,67% de Santos. Em seu discurso cheio de ódio ele convocou os outros candidatos para juntar-se a ele no segundo turno, alegando que “quem está contra seu projeto de ‘paz’ com as FARC, são inimigos da paz”.
Enfim, enquanto não tenho os pronunciamentos dos dois candidatos que vão para o segundo turno, faço essa publicação preliminar com os resultados numéricos. Nos próximos dias farei outras atualizações sobre esta importantíssima eleição e hoje, no programa “Mata Rato Connection” da Radio Vox, estarei comentando mais detalhadamente. Fiquem com Deus e até a próxima!

 

Comentário: G. Salgueiro