Netanyahu compara reação da UE diante do Irã a “passividade” com nazistas

0
34

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou nesta segunda-feira em sua página no Facebook que a reação da União Europeia (UE) diante da violação do Irã ao acordo nuclear lhe lembra a passividade da Europa nos anos prévios à Segunda Guerra Mundial.

Depois das declarações da alta representante da UE para Política Externa, Federica Mogherini, de que as violações iranianas do acordo não representam uma “infração significativa”, Netanyahu se mostrou incomodado e comparou a situação com as falhas na diplomacia com a Alemanha nazista na década de 1930.

Lançamento