Marinho diz que MP contra fraudes pode ser votada semana que vem e aponta otimismo com Previdência

0
11

Marinho, durante seminário no Rio 15/3/2019 REUTERS/Ricardo Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) – O secretário especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse nesta sexta-feira que uma medida provisória que visa combater fraudes previdenciárias pode ser votada no Congresso Nacional na próxima semana e se declarou otimista com as chances de aprovação da reforma da Previdência.

Lançamento

Em entrevista a jornalistas no Rio de Janeiro, Marinho também afirmou que a economia brasileira está pedindo pela aprovação da reforma, que atualmente tramita em uma comissão especial da Câmara dos Deputados.

A Medida Provisória 871, que visa combater fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e que segundo Marinho proporcionará uma economia anual de 10 bilhões de reais à Previdência, perderá validade no dia 3 de junho, caso não seja aprovada pelos plenários da Câmara e do Senado até lá.

O secretário disse ainda que espera que os deputados aprovem a reforma da Previdência no primeiro semestre e que o Senado passe o texto no início do segundo semestre.