EUA sancionam agência de contrainteligência da Venezuela por morte de militar

0
10

O governo dos Estados Unidos sancionou nesta quinta-feira a Direção Geral de Contrainteligência Militar (DGCIM) da Venezuela pelo caso do capitão de corveta Rafael Acosta Arévalo, morto enquanto estava sob custódia dessa agência venezuelana.

“A detenção por motivos políticos e a morte trágica do capitão Rafael Acosta foi injustificada e inaceitável”, afirmou o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, em comunicado.

Lançamento