Donald Trump confirmou que pode enviar tropas para à Colômbia para intervir na Venezuela

O presidente Trump respondeu a vários jornalistas presentes na reunião com o presidente Iván Duque na quarta-feira

0
1333

Donald Trump confirmou as anotações lidas pela imprensa no caderno de seu conselheiro de segurança, John Bolton, há vários dias, e que ele sugeriu o envio de 5.000 soldados para a Colômbia para enfrentar, eventualmente, o regime de Nicolás Maduro.

Ambos os líderes se reuniram no Salão Oval da Casa Branca. Lá, o líder dos Estados Unidos disse que qualquer tipo de ação militar não está descartada e todas as opções estão na mesa.

“Muitas coisas estão acontecendo na Venezuela que as pessoas não conhecem. Há muito apoio para o que estamos fazendo pelo povo, muito apoio, tremendo apoio “, disse Trump a repórteres.

O líder americano afirmou ter “um plano B, e C, e D, e E, e F”, sem dar mais detalhes sobre isso. Além disso, elogiou o trabalho do presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó.

“Guaidó tem forte apoio e nós temos que dar ainda mais apoio (…) para que ele possa realizar a transição na Venezuela”, declarou o presidente.

As afirmações ocorreram na segunda reunião realizada pelos dois presidentes nos últimos meses. O encontro fala sobre o apoio ao país vizinho na crise política, econômica e social que enfrenta.

Duque, enquanto isso, estava com o legítimo embaixador da Venezuela nos Estados Unidos, Carlos Vecchio, e reiterou o compromisso da Colômbia de apoiar o país vizinho e os cidadãos que fugiram da ditadura. “Continuamos trabalhando para obter ajuda humanitária”, disse Duque.