China, o gigante asiático que ganha peso em Israel

0
9

Os guindastes metálicos descarregando mercadorias de navios cargueiros marcam a paisagem litorânea da cidade de Haifa, em Israel. Seu porto, um dos principais do país, será administrado a partir de 2021 por uma empresa da China, uma amostra da crescente presença econômica de Pequim no país e na região, algo que preocupa os Estados Unidos.

Israel, no coração do Oriente Médio, depende em grande medida das suas rotas marítimas e cerca de 90% das suas importações chegam pelo mar.

Lançamento